1791

Prefeitura Municipal de Mutuípe

Pular para o conteúdo

Visão Geral

Visão Geral

Bandeira Bandeira do Município
Brasão Brasão do Município
  • Aniversário: 12 de outubro
  • Fundação: 12 de outubro de 1926
  • Padroeiro (a):São Roque
  • Gentílio:Mutuipense
  • Cep: 45480-000
  • População: 22000 (estimativa)
  • Prefeito (a):Rodrigo Maicon de Santana Andrade (MDB)
    2017 - 2020

Geografia

Mutuípe está localizado no Sudeste da Bahia, na zona fisiográfica do Recôncavo Sul; se encontra na 29ª Região Administrativa –DIRES e DIREC com sede em Amargosa; Apresenta uma extensão territorial de 358 km, cuja sede fica a 13°14`de latitude Sul e 39°30`de longitude Oeste de Greenwick. Seus limites territoriais são: Ao Leste Valença; ao Sudeste Presidente Tancredo Neves; ao Sul Teolândia; Oeste Jiquiriçá e ao Norte Laje. A cidade se encontra a 119 metros de altitude em relação ao nível do mar (em Valença). As estradas que cortam o município de Mutuípe e que fazem a ligação com os outros municípios são: BR420 (passa no centro da cidade) ligando a BR-101 (entroncamento de Laje) a BR-116 (entroncamento de Jaguaquará). Centro polarizador no Vale do Jiquiriçá. Mutuípe mantém um grande fluxo de pessoas e mercadorias devido às atividades econômicas e áreas de serviços com os Municípios vizinhos e ainda Amargosa e Santo Antônio de Jesus dos quais dista, respectivamente, 34 e 55Km.

História

Até meados do século XIX, toda a zona ribeirinha do rio Jiquiriçá, abrangendo o território do atual Município de Mutuípe, era habitada por índios, que pouco a pouco abandonaram a região, à medida que seus domínios eram conquistados pêlos brancos.

Em 1849, Manoel João da Rocha, juntamente com outros pioneiros, chegou ao local onde hoje está situada a sede do Município, iniciando derrubadas e entregando-se ao cultivo da terra. Entre as propriedades dos primeiros povoadores encontrava-se a Fazenda Mutum, assim denominada pela abundância verificada da ave do mesmo nome (craxalector). Segundo Teodoro Sampaio, o topônimo Mutuípe vem de "mutum", ave do local, e "ipe", que em tupi-guarani quer dizer "forte".

Situada no antigo Município de Jiquiriçá, a Fazenda Mutum ficava à margem de uma estrada que ligava os sertões do sudoeste baiano a Minas Gerais. Os tropeiros que por ali transitavam faziam daquela propriedade ponto de repouso e reabastecimento. Devido a isso, bem assim à fertilidade do solo e ao espírito progressista do proprietário Bernadino Lopes, começou a formar-se em Mutum, por volta de 1900, um pequeno núcleo de agricultores e negociantes.

Com a chegada dos trilhos da "Tramroad de Nazaré", a 29 de janeiro de 1905, ligando o Município ao porto fluvial de Nazaré, teve início uma nova fase de progresso.

A Lei Estadual n.° 778, de 30 de maio de 1910, transfere para o próspero povoado o Distrito de Paz de Riacho da Cruz.

Em 1920 foi desencadeado um movimento pela emancipação político-administrativa do povoado de Mutum, como passou a ser conhecido na região. Tanto que em 26 de julho de 1926 foi aprovada, na Câmara Estadual, a Lei n.° 1882, criando o Município de Mutuípe, instalado a 12 de outubro do mesmo ano.

Segundo o quadro da divisão territorial vigente em 1.° de julho de 1955, o Município de Mutuípe e composto de um único distrito.

O Município de Mutuípe pertencia ao Termo de Jiquiriçá, da Comarca de Ubaíra, até 2 de Julho de 1949, quando, por força da Lei n.° 175, foi criada a Comarca de Mutuípe, que compreende o Município de mesmo nome.

Fonte: IBGE

Turismo

Em mutuípe é possível encontrar cachoeiras como pontos turísticos e o que restou na Mata Atlântica.

Letra do Hino

Hino à Mutuipe

Terra amiga, onde o sol do triunfo

Estendeu seu clarão promissor,

Ergue a fronte e contempla esta aurora

Que te envolve em constante fulgor.

Estribilho

O progresso já fez teu valor aumentar.

E a servir-te os teus filhos estão!

Haja força, haja fé, no ampliar, expandir!

Mutuípe, avançar, avançar!



Recordando as batalhas passadas,

Que fizeram a emancipação,

Novos planos teremos ao vivo

Num penhor de voraz gratidão!



Lutaremos, ó gleba querida,

Promovendo a alegria e a paz.

Se o teu chão não cessa de dar

Nosso esforço dará muito mais!

O Hino Municipal de Mutuípe é de autoria da Professora, Musicista e Poetiza Stela Câmara Dubois, do tradicional Colégio Taylor Egídio, da cidade de Jaguaquara - Ba.

(Obs. Dedicado ao casal Dr. Julival Rebouças).